Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Daltonismo

por biologiade12ano, em 07.12.13

 A discromatopsia, mais conhecida por daltonismo, é a incapacidade de distinguir as cores. O nome daltonismo é uma homenagem ao químico que a descreveu pela primeira vez, John Dalton que também sofria desta anomalia. Esta é uma perturbação normalmente genética, apesar de certas lesões do aparelho visual e do sistema neurológico podem originar alterações da visão crómatica. Tal como a hemofilia, é um gene recessivo ligado ao cromossoma X, afetando maioritariamente os homens ( 10% dos homens sao daltónicos ao passo que apenas 0.3% das mulheres sofrem com esta anomalia).

 A gravidade desta doença é variável: pode ser extremamente grave com total ausência da visão cromática (visão a preto e branco), sendo que esta é uma forma mais rara e a forma mais comum de daltonismo é a incapacidade de distinguir o verde e o vermelho que são vistas como cinzentas. Podemos dizer que há três formas de daltonismo: protanopia (defeito dos cones vermelhos), deuteranopia ( defeito dos cones verdes) e tritanopia (defeito dos cones azuis).

  Atualmente nao existe tratamento para o daltonismo, um daltónico tem de adaptar-se. Por exemplo, navegar na internet pode ser uma tarefa difícil devido aos numerosos sites que utilizam diversos esquemas de cores, para facilitar a navegação existem alguns programas que transformam os sites com o intuito de tornar todos os presentes detalhes visíveis para qualquer tipo daltónico.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D